domingo, 27 de julho de 2008

Bobagem

Queria poder entrar no teu pensamento,
pra saber como é que você pensa em mim.
Qual o jeito que você chama o meu nome,
se sente o mesmo frio na barriga que eu.
Poderia te perguntar, sim.
Mas mesmo que você descrevesse com todos os detalhes,
eu não conseguiria satisfazer essa vontade.
Queria sentir o que você sente,
saber do que você sabe.
Queria que você soubesse o quanto é lindo
mas não poderia,
você é você, não pode se ver,
não do jeito que eu vejo,
não pode sentir essas coisas por você,
não pode receber as tuas palavras,
não pode sentir essa vontade quase que incontrolável de escrever,
de pôr pra fora o que eu sinto
toda vez que você chega escondido,
quase que adivinhando o que precisa dizer.
Não pode saber que mesmo que não dissesse nada
e só me olhasse com os teus olhos sendo apertados
pelo seu sorriso,
eu poderia sentir tudo que você tem aí dentro.
Não sabe que são raros os que conhecem o meu lado de dentro
e o você o conheceu desde sempre, desde o começo
porque pra você eu consegui ser toda eu.



Larissa Fontes

2 comentários:

Ambleone disse...

Como é que se rí muito de felicidade nessa coisa aqui chamada post heim?! Q coisa mais linda rsrs

Nayanna Fernandes disse...

nós somos mut chiques, olha isso: http://www.euvoceedeus.kit.net/
=**