quarta-feira, 8 de abril de 2009

Cenas de um filme inglês


Sopro e suspiros. "Que" falado pronunciando o "u". Achocolatado com gosto de leite e chocolate separados. O caminho dos teus lábios. Dois canudos usados sem precisão. Janela recém aberta. O gelo já dá-se pra ver. Coração embrulhado e deixado numa porta. Uma aranha que desce da madeira pra ser esmagada. Uma xícara. Um navio. Uma casa sem cerveja. Beber sorrisos. Avulso. Música com uma batida gostosa. Vontade de que? Paraparaparaparaparapapa...

"Ao som de 'Cenas de um filme inglês', do Wado."

12 comentários:

Daniel Guerra disse...

gostei daqui, me lembra o meu espaço.

Ariane Regina disse...

É sempre amor mesmo que mude :D
Eu me baseei na música de Bidê ou Balde...Lindo teu blog,prazer Ariane. :D

Ariane Regina disse...

Ah sério? Ah,manda teu flickr,sou péssima com memória :~~
Beijos ;*

Anônimo disse...

Amo amores oníricos
Saindo donde pisamos os pés
O filme do olhar ganha outra tez
E há a poesia

Na voz da consciência
Traduzo os dias líricos
Há a música no beijo
E Luzes nos seus olhos

Esquece da carne
E o que lhe fala é a pele
A eterna iminência de um ápice

Desejo tudo
Desde nada a seu lado
Até algo que se revele
De tanto fugirmos da obviedade

Quem sabe carência se vele
Para que nasça novo pecado
Quem sabe astros mudos
Falem com sua luz

Aos olhos da cidade
E seja um prazer
Quem nem é para todo modo

Que modo é maneira de sentir
Invento o tempo e o preencho
Da matéria bruta
Da que a sua me atingir

Anônimo disse...

amei o album..as cores e a luz estão lindas..bem do jeito do seu olhar lúcido!! rs sou seu fã..mas disso vosmiçê já tá assuntada visse? rs

bjos ns olhos

darsh. disse...

adorei!
caramba, que texto mais intenso e doce ao mesmo tempo. até me inspirei.

:)

Vitor Andrade disse...

vontade de?
gostei muito! rs
forte, mas doce, suave.

Raquel Oliveira disse...

Quando li: "Coração embrulhado e deixado numa porta. Uma aranha que desce da madeira pra ser esmagada", PERFEITO!! Fiquei aqui criando outros versos, degustando palavras para decifrar as suas...

PS: Obrigada pelo comentário no meu blog.
Fazia tempo que não passava por aqui, e acho que fiquei por 2 horas viajando no seu espaço e lendo todos os escritos novos...
Parabéns.. está lindo!

Flora disse...

Realmente o blog é doce...Mais do que achocolatado.
Adicionarei para não perder tanta doçura de vista.

Salve Jorge disse...

Assopro. Quem sem trema. Dicotômias. Ladeira vertiginosa. Pontes bípedes. Vendaval. Seco. Quem bate? É fato. Chá. Quem me navega é o mar. Desolação. Um brinde. Por opção. "It´s only rock´n roll but i like it.." Velhas novidades.

Marcus Vinicius disse...

adorei seu espaço! :)

Prometo que volto mais vezes!

bjs

Nelson disse...

é a tentativa de não ser só ameaça.

Gostei daqui também!

;D