quarta-feira, 10 de setembro de 2008

No abraço


Você vai descer daquele carro, sei que vai me procurar e vai me ver ainda da janela. Vai vir na minha direção (nessa hora você já abriu aquele sorriso). Eu já posso sentir a quentura do meu rosto se ruborizando e o meu coração batendo louco no meu peito. Você chega mais perto e eu vejo aquele brilho nos seus olhos, aquele que eu via claramente toda vez que a gente se encontrava nos meus sonhos. Chega mais perto ainda, agora eu posso sentir o calor do teu corpo. A gente se abraça. Agora eu posso sentir o teu coração batendo no meu peito. Nossos corações batem juntos, porque estão o mais próximo que dois corações podem estar. O que sinto é uma vontade de não te largar mais, de sentir teu coração bater junto com o meu todo o tempo de vida. Uma sensação de estar totalmente no lugar onde eu queria estar: no teu abraço.

Larissa Fontes

2 comentários:

Manuela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nayanna Fernandes disse...

Amiga, estou aqui no Blog de novo ^^.
=**