domingo, 9 de novembro de 2008

Hoje


Hoje eu peço que o mar se acalme
que o vento sopre baixo
eu peço silêncio.
Hoje eu quero sentir tudo que há de não conseguir se explicar
tudo que faz o olho lacrimejar e o coração acelerar.
Hoje eu quero o bem acima de tudo,
a compreensão das coisas inesperadas
e a paciência de lidar com o tempo.
Hoje eu quero a calmaria que sucede a tempestade no coração
a certeza da tranquilidade conseguida com esforço.
Hoje eu peço que o céu se ilumine
que as estrelas se mostrem
eu peço silêncio.

Larissa Fontes

Um comentário:

disse...

Muito bons seus textos Larissa! Adorei, leio sempre...beijos para você!